Cultura

12 de outubro é marcada por peregrinação à Serra do Arapuá, em Santa Vitória

Os moradores do local, sitiantes e fazendeiros também contribuíram na realização do evento, no sentido de manter o local limpo e organizado

A comunidade Católica do município de Santa Vitória realizou, no dia 12 de outubro, em honra a Nossa Senhora da Aparecida, uma peregrinação e missa celebrada no alto da Serra do Arapuá. O local conta com uma capela/oratório e possui um altar onde os devotos deixam seus sinais de fé.

12 de outubro é marcada por peregrinação à Serra do Arapuá, em Santa Vitória

Foi uma experiência gratificante. Crianças, idosos, com esforço e determinação fizeram a subida da serra a pé, por meio das trilhas, para participar da celebração e vivenciar sua devoção. Estiveram presentes também para prestigiar o evento: O Secretário de Governo, Márcio Quirino; Andréia Lima, Controladora Interna; Doris Carvalho, representando a Secretária Municipal de Educação e Cultura, Francisca Vânia; demais servidores e o Padre Ailton, Pároco da Igreja São Cristóvão, que ministrou a celebração no local.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
12 de outubro é marcada por peregrinação à Serra do Arapuá, em Santa Vitória

A realização dessa peregrinação contou com o apoio da Administração Municipal na organização da trilha, auxiliando a limpeza e formando uma espécie de escada natural, com o próprio terreno, tornando a subida possível naqueles lugares mais difíceis. Os moradores do local, sitiantes e fazendeiros também contribuíram na realização do evento, no sentido de manter o local limpo e organizado.

12 de outubro é marcada por peregrinação à Serra do Arapuá, em Santa Vitória

Segundo relato de várias pessoas o costume de subir àquele local para rezar é antigo e tem se tornado tradição, porém não se precisa a data. No alto da serra já havia três cruzeiros onde povo fazia suas orações. Com a iniciativa de um fiel e a ajuda de todos da região, carregando o material nas costas, escalando o morro, a Capela que lá hoje se encontra foi erguida no ano de 2002 e concluída no dia 11 de outubro.

“De acordo com as informações, esta foi a primeira missa celebrada no local. Nosso intuito é dar continuidade, todos os anos, propagar a devoção e incentivar a peregrinação, valorizando o costume já existente, uma vez que o local já é tombado como patrimônio histórico Municipal”, afirmou Padre Ailton Batista.

Comentários

Mostrar mais

Artigos relacionados

PUBLICIDADE
Botão Voltar ao topo
X