Gente que FAZ

Pedro Henrique Pedrosa Malvaccini

Pedro Henrique Pedrosa Malvaccini
Hoje, aos 64 anos, o juiz-forano Pedro Henrique se intitula um santa-vitoriense, afinal, já são 38 anos residindo em Santa Vitória

Pedro Henrique Pedrosa Malvaccini nasceu em 2 de dezembro de 1950, na cidade mineira de Juiz de Fora.
Em 1977, aos 27 anos de idade, formou-se em Farmácia-Bioquímica pela Universidade Federal de Juiz de Fora. No ano seguinte, em pleno mês de fevereiro, veio trabalhar na cidade de Santa Vitória como farmacêutico, na empresa Farmasil, de propriedade de Armando Parreira de Oliveira e Genival Ferreira de Castro.
No mesmo ano, no mês de maio, foi apresentado por Armando Parreira à equipe médica do Hospital Genésio Franco de Morais, composta pelos médicos Lourival Domingues Franco, Joel Rogério Heitor, Arnaldo Bernal e José Carlos Rodrigues. Um mês após o encontro, foi contratado para trabalhar no laboratório do referido hospital, que na época funcionava à Avenida Genésio Franco de Moraes.
Em outubro de 1978, foi iniciada a construção do Centro Diagnóstico Santa Vitória, na esquina da Rua Francisco dos reis Goulart com Avenida Reynaldo Franco de Moraes, e inaugurada no ano seguinte, local para onde foi transferido o laboratório.
Nesse período, Pedro Henrique trabalhava no Centro Diagnóstico, fazendo análises clínicas e, ao mesmo tempo, prestava seu serviço como farmacêutico na Farmasil.
Alguns anos depois, a empresa Farmasil foi fechada, e Pedro Henrique passou a exercer a função de farmacêutico na farmácia de Hélio Arantes de Oliveira, função que exerceu por 23 anos, de 1985 a 2008.
Nesse ínterim, em 1989, Pedro Henrique prestou concurso público no Município, para trabalhar no Laboratório Municipal. Neste ofício, ficou até o ano de 2014, quando se aposentou.
A participação de Pedro Henrique na vida pública foi além da função de farmacêutico-bioquímico. Muito interagido no meio social, exerceu por um mandato a presidência do Lions Clube de Santa Vitória. Também, foi presidente do Clube dos 50.
Hoje, aos 64 anos, o juiz-forano Pedro Henrique se intitula um santa-vitoriense, afinal, já são 38 anos residindo em Santa Vitória, o mesmo tempo de serviço prestado à população na área de análises clínicas. “Fui muito bem recebido quando aqui cheguei”, afirma.
“Essa cidade é santa, é abençoada. Hoje, é cidade da minha vida, que eu lutei e ainda luto por ela, para o bem-estar da nossa comunidade”, enfatiza.
Pedro Henrique é pai de quatro filhos: Fernanda, Thiago, Fabiana e Bianca.


Comentários

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Comentários

Mostrar mais

Artigos relacionados

PUBLICIDADE
Botão Voltar ao topo
X